Vários estudos testaram o efeito de diferentes dietas na perda de peso e perceberam que todas elas trazem resultados iguais no emagrecimento, não importa o tipo de dieta, nem quanto carboidrato ou gordura ela tinha, isto é, não existe uma dieta que é melhor, todas emagrecem do mesmo jeito desde que tenham menos calorias do que a pessoa gasta (1)(2)(3).

Mas em alguns estudos uma coisa curiosa chama atenção: quanto mais a pessoa achava agradável a dieta, mais resultados ela tinha. Ué, por quê? A resposta é simples: qualquer plano alimentar que atenda às necessidades energéticas traz resultado, basta a pessoa seguir, logo, quanto mais agradável era o plano, menor era o desejo de sair dele (1)(2).

Outros estudos mostram que os desejos alimentares são influenciados pelo humor e pela proibição de alimentos, de modo que quando se proibia a pessoa de comer algo, aí sim que ela tinha desejo de comer aquilo, além de que dietas que não permitem comer aquilo que gostamos são estressantes o que aumenta ainda mais o desejo de comer (4)(5).

Interessante observar que quando as pessoas foram proibidas de comer algo, havia mais desejo por aquilo e em 70% das vezes que saiam da dieta elas comiam justamente o alimento que fora proibido (6), porém se o alimento for mantido na dieta, mas em quantidade reduzida, o desejo por comer ele diminui (7)!

Uma recente publicação da Nature (8) mostrou que controlar os desejos por comida já no começo de um plano alimentar está relacionado com o sucesso que o plano terá, agora perceba que se o objetivo é diminuir o desejo por algum alimento, por exemplo, doces, o ideal é diminuir a frequência que ele é comido e não o proibir totalmente, as vezes pode até ser eficiente trocar o alimento por outro parecido que seja mais saudável ou menos prejudicial à saúde.

Como não existe uma dieta que traz mais resultados, a melhor será aquela que for mais fácil e agradável de fazer, não aquela da revista e do blog, nem aquela que corta tudo e te faz comer pouco.

Uma dieta com guloseimas, mas fácil de seguir é boa, uma fitness, mas difícil de seguir não é.

Referências:
(1) doi.org/10.3390/nu10060700
(2) doi.org/10.1056/NEJMoa0804748
(3) doi.org/10.1186/s12970-017-0174-y
(4) doi.org/10.1016/j.appet.2012.01.020
(5) doi.org/10.1016/0195-6663(91)90021-J
(6) doi.org/10.1017/S0029665107005502
(7) doi.org/10.1002/oby.21895
(8) doi.org/10.1038/ijo.2017.89
Oxigênio Academia

Autor Oxigênio Academia

Mais postagens por Oxigênio Academia

Leave a Reply

Open chat
1
Olá!! Como podemos te ajudar? :D